terça-feira, 22 de março de 2011

Uma pergunta aos membros deste blogue

Quando uma pessoa anda constantemente de um lado para o outro, a ler e a escrever, a subir e a descer escadas para entregar impressos dos Censos 2011, numa roda viva entre Lisboa e Paço de Arcos, da casa para o emprego, do escritório para o quarto, do livro para o computador, da Junta de Freguesia para os vizinhos - será que se pode dizer que esta pessoa não parou de correr? Afinal, de que falamos quando falamos de correr?

1 comentário:

  1. Miguel Castro Caldas22 de março de 2011 às 21:52

    É correr com os amigos e ficar sozinho. É correr com o governo do PS e ficar com um governo de coligação PSD/CDS.

    ResponderEliminar