quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

A lei de Murphy


Não nos preocupemos com o que esta lei nos garante. Pelo menos enquanto corremos. Algures pelo vosso percurso como corredores terão oportunidades para pensar nisso. Mas, no seguimento do que a Vera nos falava sobre música, playlists e corrida, centremos antes a nossa atenção na lei do ritmo de Murphy que, para alguns, pode ser mais útil.

Há alguns anos a Nike encomendou ao vocalista dos LCD Soundsystem, James Murphy, uma composição adequada para workouts de jogging, a disponibilizar posteriormente no iTunes. Em homenagem aos formatos de vinil, este chamou-lhe 45:33 e, apesar do ritmo feito a pensar naqueles que possam apreciar fazer uns kms, Murphy desde logo avisou que, para correr, não contassem com ele.

Por isso, corramos com a obra e não com o autor.

Sem comentários:

Enviar um comentário