quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Da alegria das conversões

A corrida de ontem foi no mesmo sítio dos últimos tempos mas o percurso foi um pouco mais alargado. Corri novamente com companhia e agora ainda mais a sério. A primeira prova já esta marcada: vamos correr os 12km de Onetangi a Matiatia na bonita ilha Waiheke aqui mesmo ao lado de Auckland (a ilha é conhecida pelas suas vinhas e o plano é fazer a prova de manhã e passar o resto do dia em provas de vinhos).

Sim, eu sei, a prova é só em Janeiro e 12km não é grande distância... Mas com o Verão a chegar, quatro semanas de férias em Novembro em viagem pelo pais de Norte a Sul, e um Natal que, não fugindo ao habitual, há-de ser para a desgraça, 12km afinal já não é assim tão pouco.

Ainda assim, a alegria de ontem foi descoberta pós-corrida, quando nos sentamos com o vinho habitual (temos direito, depois do exercício, certo?) e nos pusemos a analisar a rota. As pernas queixavam-se um bocadinho (isto de correr com um joelho negro depois de uma queda vergonhosa no mármore da sala...), e o cansaço da subida ao ponto natural mais alto da cidade, sempre em passo de corrida, davam a ideia de que tínhamos corrido mais do que os cinco quilómetros que o site dizia que tínhamos corrido. Só mais tarde nos apercebemos de que afinal estávamos a ver a distancia em milhas e a alegria de converte-las para 8 quilómetros foi suficiente para esquecer o cansaço.

Benditas conversões!

Sem comentários:

Enviar um comentário