segunda-feira, 27 de setembro de 2010

A nano maratona de Lisboa.

Foi ontem, e como o Ricardo já teve oportunidade de referir, íamos preparados para correr 8,1k, quando nos apercebemos que afinal eram apenas 5k. A corrida era para ser, em grande parte, a atravessar a ponte Vasco da Gama, mas ali decorre apenas 1k, ou coisa que o valha, pois o resto é feito em piso simpático pela Expo, com muitas descidas à mistura. Íamos para correr, mas apercebemo-nos que é mais para andar e passear do que correr (gerando-se uma curiosa corrida de obstáculos, ao desviar-nos de quem faz o seu passeio matinal). Pensámos que a corrida seria um treino simpático, mas afinal passámos mais tempo dentro do autocarro da Carris que nos levou até à ponte.

Acredito que correr a meia maratona nesta prova faça algum sentido. A nano micro mini maratona, para quem pretende correr, não. Nesse caso, faz mais sentido a inscrição na meia maratona e, caso se queira desistir antes, pois que se desista.

Pelo meio, e o mais importante, recrutámos mais um elemento para a causa: a Maria João Costa.

2 comentários:

  1. De facto, apesar deste ano ter ficado de fora do evento (para atenuar efeitos, nada como 16km dominicais em beira Tejo mode Torre de Belém - Cais do Sodré - Torre de Belém), parece-me que este ano só compensava o percurso da meia maratona, alterado para ir até Sta. Apolónia.

    Por norma, corre-se mais 1 ou 2km na Vasco da Gama, mas ainda assim esta corrida já não se me apresenta tão sedutora...

    ResponderEliminar