segunda-feira, 30 de agosto de 2010

RTP Memória



O grande, o imenso, o glorioso Carlos Lopes, no momento maior da sua vida. Por muitos anos que passem sobre aquele 12 de Agosto de 1984, nunca esquecerei a madrugada em que assisti, em pulgas, galvanizado, a essa corrida assombrosa e me comovi com a nossa primeira medalha de ouro olímpica.

Sem comentários:

Enviar um comentário