domingo, 29 de agosto de 2010

Efeito papo cheio

2.º treino: 3,58 kms
3.º treino: 4,73 kms
4.º treino: 5,19 kms
5.º treino: 5,53 kms
6.º treino: 6,12 kms
7.º treino: 5,12 kms

Não sei se foi de ter saído sexta à noite até às tantas, não sei se foi do cansaço acumulado durante o fim-de-semana (os dois filhos a darem uma de hiperactivos gritadores), não sei se foi de treinar ao fim da tarde e não de manhãzinha, não sei se foi da falta de música a acompanhar as passadas em torno da pista do Estádio Universitário. O que sei é que hoje as pernas pareciam feitas de cimento. O ritmo foi fraco. O cansaço chegou mais cedo do que é costume. Uma desgraça. Ainda assim, o objectivo de cumprir meia hora de treino cumpriu-se.
Amanhã, às sete, volto ao lugar do crime. Com iPod, pela fresquinha. A ver se o retrocesso é sinal de papo cheio (uma paragem na progressão) ou estratégia maoísta, a do passo atrás antecipando dois à frente.

1 comentário:

  1. Segundo a técnica de um senhor de seu nome Jeff Galloway, correr e andar, é uma técnica eficaz não para um passo atrás e dois à frente, mas para ir dando sempre três em frente, nem que um deles seja mais devagar...

    ResponderEliminar